quarta-feira, 14 de junho de 2017

IEAv Realiza II CONEST

Olá leitor!

Segue uma nota postada ontem (13/06) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) destacando que o instituto realizou recentemente a segunda edição do Conselho Estratégico do Instituto (II CONEST).

Duda Falcão

IEAv Realiza II CONEST

13/06/2017

O Sr Diretor do IEAV, Cel Av Follador, ofereceu um “coffe break|” aos Ex-Diretores do IEAV antes de iniciar a reunião do II Conselho Estratégico do Instituto – CONEST que tem por finalidade de reunir este seleto Grupo para debater, sugerir e planejar ações que possam ainda mais fazer com que o IEAV cumpra bem a sua MISSÃO e continue a ser reconhecido como um Instituto de excelência no âmbito do DCTA e da Força Aérea Brasileira contribuindo sobremaneira com a pesquisa, inovação e tecnologia do nosso país. Estiveram presentes além do atual Diretor:

* MB Av R/R Chaves – 3º Diretor do IEAV (de 12/11/93 a 25/01/96),

* Cel Eng R1 Dino - 7º Diretor do IEAV (de 15/02/2005 a 01/02/2007),

* Cel Eng R1 - Sala - 9º Diretor do IEAV (de 28/10/2008 a 02/02/2012),

* Cel Av R/R Vilson - 10º Diretor do IEAV (de 02/02/2012 a 07/02/2014), e

* Cel Av Maurício - 11º Diretor do IEAV (de 07/02/2014 a 19/02/2016).



Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Comentário: Bom leitor sem duvida uma reunião relevante. Para quem não sabe o IEAv é ao lado do IAE e do IFI, um dos institutos da FAB envolvidos com o Programa Espacial Brasileiro (PEB), sendo este instituto responsável pelo desenvolvimento de pesquisas e de tecnologia da vanguarda para o setor espacial e aeronáutico de interesse da FAB, como por exemplo propulsão hipersônica aspirada, propulsão nuclear espacial, entre outros. Entretanto leitor em minha opinião pessoal o IEAv não vem cumprindo a sua missão como poderia e deveria cumprir se no Brasil houvesse um governo de verdade com menos conversa fiada e mais ação, mais compromisso com o futuro do país e não em vender fantasias e proliferar o populismo em prol de interesses nefastos de seus grupos políticos de merda. O IEAv deveria pelo menos nesse momento ter um orçamento próprio em torno de um milhão e meio de reais sob uma gestão realmente competente e compromissada em apresentar resultados a Sociedade Brasileira, mas isso não é o que acontece, ficando o instituto e seus pesquisadores a mercê do caos gerado por esse vermes, e as pesquisas levando décadas e sem qualquer garantia de serem finalizadas com resultados práticos. Um mundo de ‘conto de fadas’ cada vez maior só benéfico aos interesses nefastos desses políticos de merda, sangue sugas do futuro da nação. Lamentável!

Nenhum comentário:

Postar um comentário