quinta-feira, 5 de março de 2015

IAE Estima Mercado em Crescimento Para o Foguete VSB-30 Brasileiro

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota publicada pelo jornal “O VALE” e postada hoje (05/03) no site da Força Aérea Brasileira (FAB), destacando que o Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE) estima mercado em crescimento para o foguete VSB-30 brasileiro.

Duda Falcão

IAE Estima Mercado em
Crescimento Para Foguete

Sheila Faria
Editora Executiva
Jornal O VALE
05/03/2015

O IAE (Instituto de Aeronáutica e Espaço), de São José dos Campos, prevê um crescimento do mercado para o VSB-30, foguete brasileiro, após o sucesso do lançamento ocorrido no Esrange Space Center, na Suécia.

A operação da Suécia na semana passada marcou o 15° lançamento do VSB-30. “Estamos superando as nossas expectativas, que eram de lançar dois foguetes por ano”, disse Eduardo Dore Roda, gerente de Projeto do IAE. Em 2015, são quatro lançamentos.

Dos 15 lançamentos feitos desde 2004, 12 foram no exterior, a maioria na Suécia, e três no Brasil. Aprevisão é que o foguete VSB-30 lance outros oito experimentos no Brasil, todos para cargas de universidades brasileiras, na base de Alcântara, no Maranhão.

Tecnologia - No exterior, a maioria das cargas lançadas pelo foguete brasileiro é de experimentos científicos de alta tecnologia, ligados à área farmacêutica. “Também já fomos consultados pela Austrália, interessada em lançamentos pelo foguete brasileiro”, disse Roda. Segundo ele, o custo do foguete brasileiro está entre as vantagens do produto, que já tem 75% de fabricação nacional, em São José. O custo do VSB-30 é de cerca de R$2 milhões.

Lançamento - Transportado pelo foguete brasileiro, o experimento francês Cryofenix foi testado com sucesso em ambiente de microgravidade na semana passada na Suécia. Ele atingiu o apogeu de 265 quilômetros e obteve seis minutos em microgravidade.

PRODUÇÃO

Instituto Já Tem 24 Foguetes

O IAE já tem produção de 24 foguetes VSB-30 para os interessados em lançamentos de experimentos científicos. Os lançamentos são feitos com suporte total do IAE. Também estiveram envolvidos indiretamente na operação de lançamento a AEB (Agência Espacial Brasileira) e o DCTA (Departamentode Ciênciae Tecnologia Aeroespacial).


Fonte: Site da Força Aérea Brasileira (FAB) - http://www.fab.mil.br

Comentário: Pois é leitor, este foguete é realmente um dos poucos sucessos alcançados pelo Programa Espacial Brasileiro.

2 comentários:

  1. "5,..4,..3,...2,...1,...IGNIÇÃO,...LANÇAMENTO DO VSB-30"

    O grupo CEFAB parabeniza o IAE pelos bons feitos com o nosso salvador da pátria. É isso aí! para alguns não representa nada, mas para mim, representa tudo, pois sou um entusiasta inveterado da pesquisa com foguetes, vou dizer o que ! o vírus do conhecimento cientifico espacial me contagiou. Abraço a todos os idealistas.
    AVANTE IAE! AVANTE VSB-30!

    ResponderExcluir
  2. Produção de 24 foguetes não é mico ....é uma boa demonstração do potencial do setor!

    ResponderExcluir