quinta-feira, 12 de março de 2015

Dissertação de Mestrado, Espectroscopia Atômica de Disprósio Visando Enriquecimento Isotópico a LASER Desenvolvida Dentro do Projeto PASIL-IEAv

Olá leitor!

Segue uma nota postada dia (11/03) no site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv) destacando que uma Dissertação de Mestrado de um aluno da PG/FIS-A ITA,  constitui um importante trabalho concluído dentro do Projeto PASIL-IEAv.

Duda Falcão

Dissertação de Mestrado, Espectroscopia
Atômica de Disprósio Visando Enriquecimento Isotópico a LASER Desenvolvida Dentro
do Projeto PASIL-IEAv

11/03/2015

No dia 27/02/2015, foi defendida a dissertação de mestrado, Espectroscopia Atômica de Disprósio Visando Enriquecimento Isotópico a Laser, do aluno Jhonatha Ricardo dos Santos, da PG/FIS-A ITA, orientado pelo Dr. Marcelo G. Destro. Esta dissertação constitui um importante trabalho concluído dentro do Projeto PASIL, pois além de concluir uma fase do projeto faz os registros dos resultados obtidos de forma minuciosa. Foram identificados quatro novos níveis de energia não conhecidos nas literaturas disponíveis. O diagrama ilustra resumidamente todas as rotas que possibilitam a fotoionização do isótopo de interesse, obtidas no trabalho. Cabe ainda ressaltar, que os elementos das terras raras, na qual o disprósio é um desses elementos, possuem grandes interesses estratégicos e, especialmente, nas suas aplicações na área de defesa, em sua composição natural. Estas aplicações vão desde a confecção de turbinas e outros componentes de aeronaves; sistemas de guiamento de mísseis, lasers e bombas inteligentes; sistemas de contramedidas eletrônicas; sistemas de detecção de minas submarinas; sistemas de defesas antimísseis; medidores de distância; bateria de força de satélites, painéis de controle de sistema de defesa, radares, equipamentos ópticos entre outros. O trabalho desenvolvido contribui para que possamos, no futuro, usar os elementos das terras-raras enriquecidos em um de seus muitos isótopos, o que pode aumentar a eficiência e a sensibilidades dos dispositivos que os utilizem.

Diagrama de setas representando as transições de primeiro
e segundo passo encontradas, utilizando a espectroscopia de
absorção optogalvânica limitada por Doppler.


Fonte: Site do Instituto de Estudos Avançados (IEAv)

Nenhum comentário:

Postar um comentário