segunda-feira, 23 de fevereiro de 2015

Brasil Terá Primeira Fábrica de Semicondutores

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (23/02) no site “Inovação Tecnológica” destacando que o Brasil sediará em breve a Primeira Fábrica de Semicondutores do Hemisfério Sul, a Unitec.

Duda Falcão

Plantão

Brasil Terá Primeira Fábrica de Semicondutores

Com informações do Blog do Planalto
23/02/2015

O Brasil vai sediar a primeira fábrica de semicondutores do hemisfério Sul, a Unitec, que deve entrar em operação a partir do segundo semestre deste ano.

A previsão é de que o empreendimento tenha um custo total de R$ 1 bilhão, do qual R$ 207 milhões concedidos pela Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), por meio do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES).

Segundo a Finep, a construção da Unitec, que vai fabricar o "chip do futuro", transforma de maneira revolucionária o padrão industrial brasileiro.

A planta está sendo erguida em uma área de 20.000m² de construção total e 5.000 m² de sala limpa, em Ribeirão das Neves, região metropolitana de Belo Horizonte (MG).

O diferencial competitivo, de acordo com a Finep, deve ser o atendimento a nichos de mercado, produzindo circuitos integrados customizados e obtendo, consequentemente, margens maiores do que na produção em massa de semicondutores. Uma das parceiras do projeto é a IBM, líder mundial no segmento de semicondutores.

Os primeiros produtos a serem vendidos no mercado devem ser cartões inteligentes para bancos, operadoras de telefonia e empresas de transporte público.

A previsão é de que a Unitec gere 300 empregos diretos, na produção de 360 pastilhas por dia - lâminas de silício das quais são feitos os chips.

A mão de obra especializada no projeto de semicondutores no Brasil já existe, e muito se deve aos centros de criados dentro do programa federal CI Brasil. Com apoio da Finep, a iniciativa ajudou a criar 21 centros de projeto em todo o País, com mais de 500 projetistas em atividade.


Fonte: Site Inovação Tecnológica - http://www.inovacaotecnologica.com.br

Comentário: Bom leitor, esta talvez seja a notícia do ano até agora, mas apesar de ser uma boa notícia, não acredito que essa iniciativa seja conduzida com a lisura e a seriedade que a mesma exigiria numa nação séria. Em outras palavras, alguns corruptos de plantão certamente se beneficiarão desta iniciativa. E antes que os ‘companheiiiiiros’ da debiloide que está no poder (espero sinceramente por pouco tempo se o povo realmente ajudar indo para ruas nas manifestações que estão marcadas) me acusem de ser parcial em meu comentário, devo dizer que minha luta não é contra o PT e sim com toda esta classe política corrupta, ineficiente e estúpida que infesta com suas legendas de merda todos os níveis de governo deste território de piratas, ai sim inclusive os legendários do PT, que demonstraram nos últimos 12 anos serem não só recordistas de estupidez, bandalheiras e de hipocrisias jamais vistas na história do  país, principalmente no  desgoverno da “Ogra”, bem como algo que extrapola qualquer previsão pessimista anterior a primeira vitória petista nas urnas. Você que planeja ir as Ruas para mudar a história deste país, fique atento. Não basta tirar a “Ogra” do poder se não aproveitarmos a oportunidade e fazermos uma profunda revolução cultural e política neste país. Caso  isto não aconteça, estaremos apenas trocando uma “Ogra” e seu grupo, por um outro energúmeno qualquer que se utilizará das mesmas práticas agora utilizadas pela Ogra e seus “companheiiiiiiros”, talvez até com mais inteligência (nada difícil), é verdade, mas tão prejudicial ao futuro de nosso país quanto este momento negro atual vivido pelo Brasil.

19 comentários:

  1. Prezado Duda, tem fontes mais tradicionais (confiáveis) que falam que a fábrica no Brasil seria só a segunda na região. A Unitec é uma empresa argentina que entrou para substituir o tadinho do Eike… e eles, a Unitec, já têm uma imponente fábrica de semicondutores nesse país desde o ano 2013...
    http://economia.ig.com.br/empresas/2014-01-13/grupo-argentino-adquire-participacao-da-ebx-de-eike-batista-na-six.html
    http://www.baguete.com.br/noticias/19/04/2013/corporacion-america-fabrica-chips-na-argentina
    http://exame.abril.com.br/negocios/noticias/six-semicondutores-muda-nome-para-unitec-preve-fabrica-no-1o-tri
    http://www.valor.com.br/empresas/3540144/grupo-argentino-compra-acoes-de-eike-em-fabrica-de-semicondutores

    um abraço!

    ResponderExcluir
  2. Como sempre brasileiro fazendo propaganda mentirosa, a UNITEC vai ser , si algúm dia existir (cosa que eu duvido), a filial brasileira da fábrica ARGENTINA de microchip UNITEC BLUE, http://www.unitecblue.com.ar/ que actualmente fornece ao Brasil da tecnología argentina IRF, SIM e PAPER TCKET.
    UNITEC BLUE é uma empresa totalmente Argentina y a única planta de producción y desenvolvimiento de CI`s de América Latina.
    UNITECBLUE Ruta 2 Km. 119,2 (B7130AIR) T +54 2241 425811
    Buenos Aires, Argentina

    Victor Sassarol

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Caro Victor Sassarol!

      Não estou fazendo propaganda enganosa nenhuma, e sim postando no Blog BRAZILIAN SPACE a notícia divulgada pelo site Inovação Tecnológica. Se é verdadeira ou não, esta é uma questão que só diz respeito ao site em questão, já que a origem da notícia foi eles.

      Abs

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
    2. Estimado Víctor, un poquito más de respeto por favor y menos prepotencia. abs

      Excluir
    3. Que tipo argentino, ridículo y desinformado. No hay nada de filial brasileña. Es una empresa brasileña con participación de Corporación América, que por acaso es de un argentino.
      El capital brasileño es mayoritário además de tener el gobierno brasileño y el gobierno de Minas Gerais como sócios.

      Esa fábrica brasileña será la más avanzada de toda américa latina y de todo hemisferio sur.

      Excluir
    4. Amigo argentino, pare de falar tonterias sem conhecimento !
      A sala limpa da Unitec do Brasil (5000 m2) é 10 vezes maior que a da Argentina.
      E será front end : produzirá os waffers de silicio.
      A da Argentina é back end. Back end o Brasil já teve várias.
      Da Argentina só tem o investidor Eunerkian.

      Excluir
    5. "si algúm dia existir (cosa que eu duvido),"
      Amigo, embora o Brasil esteja passando por momentos dificeis a Argentina nem chega aos pés do Brasil em termos de indústria e tecnologia.
      A Argentina é um exemplo como NÃO se devem fazer as coisas.

      Excluir
  3. Respostas
    1. Em linhas gerais acho que a unidade fabril da Ceitec não tem uma escala industrial padrão. Eles produzem, sim, mas o foco principal é pesquisa (posso estar errado). Abs

      Excluir
  4. Estimado Duda,

    Espero poder aportar algo de información respecto a Unitec Blue:
    Esta empresa tiene una planta de semiconductores en Argentina en la provincia de Buenos Aires.
    En 2014 adquirió parte del paquete accionario mayoritario de SIX Semiconductores (33,3%), la que paso a denominarse “Unitec do Brasil”. El resto del paquete accionario de Unitec do Brasil pertenece a diversas empresas; IBM (18%), el Banco Nacional de Desarrollo Económico y Social (BNDES), la empresa de ingeniería Matec, el Banco de Desarrollo de Minas Gerais (BDMG) y WS-Intec .

    Asimismo, Unitec Blue adquirió participación de planta de semiconductores en USA y está haciendo lo propio en Francia y Rusia.

    Le dejo por último el link a un interesante video que muestra la tecnología de Unictec en la planta de Argentina:

    http://cienciaytecnologiaenargentina.blogspot.com.ar/2013/12/unitec-blue-el-alma-de-todo.html

    Saludos cordiales

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estimado Gustavo!

      Gracias por la información que pasa por ti, ya que creo que son restaurante para todos nuestros lectores.

      Saludos desde Brasil

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  5. Duda,

    Unitec pertenece al grupo económico Corporación Amércia, uno de los principales grupos económicos de la Argentina, que es propiedad del multimillonario Eduardo Eurnekian. Este grupo invierte es para ganar. El proyecto es serio. Solamente la inversión contemplada para Unitec Blue Argentina es superior a los 1.000 millones de dólares.
    Siendo que el grupo necesita adquirir escala para poder competir a nivel mundial, está realizando y contemplando inversiones con plantas industriales en Argentina, Brasil, USA, Francia y Rusia.

    saludos

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Estimado Gustavo!

      Esta iniciativa puede llegar a ser seria en el lado argentino, pero con respecto a la parte brasileña es en realidad la participación del gobierno de Dilma Rousseff, puede estar seguro de que cualquier truco sucio debería ocurrir, pero en fin ... vamos a tener que esperar los acontecimientos.

      Saludos desde Brasil

      Duda Falcão
      (Blog Brazilian Space)

      Excluir
  6. Não adianta tirar o governo, quando tiraram Collor, Itamar fez alguma coisa?

    ResponderExcluir
  7. Dois comentários sobre a notícia:

    1) A Unitec não é uma filial da Unitec Blue conforme falou o Víctor. No Brasil, a Unitec é a antiga Six Semicondutores que possui como sócios majoritários o BNDES (33,02%) e a Corporación Amércia (33,02%). Outros sócios são a IBM (18,8%), o Banco do Desenvolvimento de Minas Gerais (6,5%), a Matec Investimentos (6%) e a Tecnologia Infinita Ws In-Tecs (2,59%). Portanto, é uma empresa majoritariamente brasileira, sendo o CEO o Frederico Blumenschein.

    FONTE: http://br.reuters.com/article/internetNews/idBRKCN0IW2HA20141112

    2) Eu não faço a menor ideia de onde o autor da notícia original viu que a nova fábrica da Unitec seria a "primeira fábrica de semicondutores do hemisfério Sul". Pra mim, isso é um absurdo. Não por causa da Unitec Blue na Argentina, mas por causa da CEITEC. No site dessa empresa estatal brasileira, observa-se que desde 2011 eles já produziam o chip CTC11002 (ou Chip do Boi, um chip RFID para uso em gado). Além disso, um outro chip da CEITEC, o CTC13001, vendeu 10 milhões de unidades após um ano e meio de seu lançamento. Tudo bem que no início quase toda a produção era na Alemanha, mas foi progressivamente transferida para Brasil através de um acordo. Logo, é muito ruim desmerecer a CEITEC. Esse notícia deveria, no mínimo, citá-la.

    Entretanto, a unidade da Unitec no Brasil será monstruosa comparada com ambas Unitec Blue e CEITEC. Para comparar, a Unitec Blue tem 10.000 m^2 de planta de 500 m^2 de área limpa (http://www.unitecblue.com.ar/planta.html), enquanto que a Unitec no Brasil vai ter 20.000 m^2 de planta e 5.000 m^2 de área limpa. Talvez o ideal seria chamar essa fábrica de primeira fábrica de médio porte do hemisfério sul.

    Abraços,
    Ronan

    ResponderExcluir
  8. É tanta desinformação.

    Essa fábrica brasileira, sim, é brasileira, tem muita diferença da que existe na Argentina.
    A do Brasil terá VERY HIGH TECHNOLOGY. Será uma fábrica do tipo front-end process, ou seja, será a transfomação do silício em wafers, a gravação dos circuitos dentro do wafer.
    A que existe na Argentina (Unitec Blue) é uma fábrica do tipo back-end process, um tipo de maquilladora. Nessas fábricas se cortam e montam circuitos a partir dos wafers. Isso é High Technology.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. El desinformado y desinformador es Usted, Brasil aventaja a Argentina en algunos ámbitos (metalmecánica, siderurgia, aviación civil y militar) pero no en el ámbito de la alta tecnología prueba de ello son los avances argentinos en tecnologías satelitales (que reconoce el autor de este blog) y en el ámbito nuclear que es dónde el gap entre ambos países es comparativamente mucho mayor a favor de Argentina. Le recuerdo que la computadora de vuelo de las próximas misiones satelitales es de diseño y producción argenyba a través de la estatla patagónica INVAP, eso efectivamente es no es "very high technology" como ud. dice sino HIGH END TECHNOLOGY que es superior. Todavía estamos esperando un radar 3D de diseño y fabricación brasileña así como reactores nucleares de diseño propio, por no hablar de Angra III que no pueden terminar con capacidad propia y han tenido que incorporara AREVA y estos siquiera se comprometen a un schedule que garantize criticidad antes de 2019, sobra entonces que le recuerde que Argentina acaba de finalizar exitosamente la puesta al 100% de potencia de su tercer central nuclear con recursos tecnológicos propios y sin asistencia alguna, algo que Brasil no logra hacer.

      Excluir
    2. Satelites : vcs apenas ensamblam os componentes da Alenia.
      Nem o sistema de propulsion do satelite saben hacer.
      Até um motorde heladera ustedes importam do Brasil.
      A Argentina é um exemplo como NÃO se devem fazer as coisas.
      Lá os engenheiros são motoristas de taxi.
      Vcs estão falidos !!
      Sea ma humilde (para um argentino esto es impossible)

      Excluir
  9. Galera, a Unitec do Brasil (ex-SIX) poderia não ser a primeira na região, poderia nem ser 100% brasileira, mas com certeza será o Chitãozinho para nosso Xororó! Valeu?
    Meus parabéns para o pessoal do BNDES, para o Banco do Desenvolvimento de Minas Gerais e para a Matec Investimentos!

    ResponderExcluir