terça-feira, 23 de dezembro de 2014

IFI Firma Parceria com Observatório Nacional

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada hoje (23/12) no site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA) destacando que o Instituto de Fomento e Coordenação Industrial do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (IFI/DCTA) firmou parceria com a Divisão Serviço da Hora do Observatório Nacional (DSHO -ON).

Duda Falcão

IFI Firma Parceria com Observatório Nacional

Ten Priscila Borges
IFI
23/12/2014

A Divisão de Confiabilidade Metrológica Aeroespacial do Instituto de Fomento e Coordenação Industrial do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (IFI/DCTA) e a Divisão Serviço da Hora do Observatório Nacional (DSHO -ON) estabeleceram parceria para a rastreabilidade automatizada ao Universal Time Coordinated (UTC), em tempo e frequência para os padrões atômicos do IFI.

O UTC, também conhecido como tempo civil, é o fuso horário de referência a partir do qual se calculam todas as outras zonas horárias do mundo. É o sucessor do Tempo Médio de Greenwich (Greenwich Mean Time), abreviadamente GMT. No caso, no Brasil, o DSHO-ON utiliza esse fuso horário por ser responsável pela geração, manutenção e disseminação da hora legal brasileira e dos padrões nacionais para tempo e frequência para o INMETRO.

A partir da parceria e da assinatura do acordo de cooperação entre IFI e Observatório Nacional, não haverá mais a necessidade de transportar o relógio atômico do Instituto para ser calibrado a cada dois anos na DSHO-ON. Isso, pois, o padrão de medição estará sendo comparado em tempo real a outros padrões, e inclusive aos padrões dos satélites GPS (Global Positioning System – Sistema de Posicionamento Global) , o que irá gerar economia em recursos humanos e financeiros para o IFI.

Desta forma o IFI, braço executor do Sistema de Metrologia Aeroespacial (SISMETRA) no âmbito do Comando da Aeronáutica (COMAER), assegura a confiabilidade, a comparabilidade e a rastreabilidade das calibrações, medições e ensaios realizados em proveito das diferentes atividades atribuídas e desenvolvidas pela Força Aérea Brasileira.

Imagem: Arquivo IFI


Fonte: Site do Departamento de Ciência e Tecnologia Aeroespacial (DCTA)

Nenhum comentário:

Postar um comentário