terça-feira, 9 de setembro de 2014

ON Instala Primeira Estação Brasileira de Monitoramento do Sistema de Posicionamento por Satélites Chinês BEIDOU

Olá leitor!

Segue abaixo uma nota postada dia (05/09) no site do “Observatório Nacional (ON)” destacando que o observatório instalou a primeira Estação Brasileira de Monitoramento do Sistema de Posicionamento por Satélites Chinês BEIDOU.

Duda Falcão

Notícias

ON Instala Primeira Estação Brasileira
de Monitoramento do Sistema de
Posicionamento por Satélites Chinês BEIDOU

05/09/2014

Concretizando o Acordo Técnico Cientifico firmado em Abril/2014 entre o Observatório Nacional (ON) e o Observatório Astronômico de Shanghai (SHAO), foi instalada no campus do ON a primeira Estação Brasileira para Monitoramento do Sistema Chinês de Posicionamento por Satélites BEIDOU.

No período de 12 a 23 de Agosto de 2014 uma equipe chinesa composta por 3 especialistas, com a participação de tecnologistas (Selma Junqueira e Pedro Senna Rocha) e técnicos (Ozenildo Dantas e Cláudio Amaral) da Divisão Serviço da Hora (DSHO), além de profissionais (Eduardo Matera e Eduardo da Costa Silva) da Divisão de Tecnologia da Informação do ON, instalou nas dependências da DSHO um conjunto de equipamentos (receptores GNSS, sensor meteorológico, contador de tempo/freqüência, equipamentos de comunicação, antenas, etc.) doados pelo SHAO no valor de aproximadamente 100 mil dólares.

Esta estação, denominada “RIOS iGMAS tracking station”, fornecerá não apenas dados ao colaboradores chineses, para melhor monitorarem seu sistema em nosso lado da Terra, mas também propiciará aos pesquisadores brasileiros acesso a dados coletados continuamente. Estes dados permitirão a realização de pesquisas inéditas relacionadas com o posicionamento e transferência de tempo/freqüência por satélites, o mapeamento ionosférico e troposférico, além da comparação de diferentes constelações GNSS (GPS, GLONASS, GALILEO, BEIDOU), o que tornará os estudos independentes daquela constelação hoje predominante (GPS).

Abaixo algumas fotos da estação.



Fonte: Site do Observatório Nacional

Um comentário:

  1. Depois do GLONASS agora o BEIDOU. Gostaria de acreditar que existe uma estratégia, um programa de estado de ficar cada vez menos dependente de apenas um fornecedor, no caso o GPS, Mas com esse "governo" duvido muito...

    ResponderExcluir