sexta-feira, 26 de abril de 2013

PresidentA DILMA e o Boicote ao Progr. Espacial Brasileiro

Caro leitor!

Estamos nos aproximando do final do mês de abril, quando no dia 30/04 o blog completará quatro anos de árduo trabalho de divulgação para Sociedade Brasileira das atividades de nosso Programa Espacial e de suas ciências correlatas, e infelizmente observamos que pelo terceiro ano consecutivo o PEB sofrerá mais atrasos.

Como o leitor deve se lembrar, em outubro de 2012 fizemos uma interessantíssima entrevista (veja aqui) com um dos grandes profissionais militares do Programa Espacial Brasileiro, o Brigadeiro Eng. Carlos Antônio de Magalhães Kasemodel  (diretor do IAE - Instituto de Aeronáutica e Espaço),  que na época disse ao blog que, caso os recursos financeiros fossem os esperados, as reais expectativas (objetivos) desse instituto para o ano de 2013 seriam as seguintes:

- Lançamento do VLS-1 com carga útil SISNAV;
- Lançamento do SARA Suborbital no VS-40;
- Conclusão do projeto do SAMF;
- Fabricação dos modelos de qualificação e voo da PSM;
- Realização das etapas de fabricação do modelo de desenvolvimento do L75;
- Realização das etapas do VLM-1 conforme cronograma para primeiro lançamento em 2015; e
- Realização do Ante projeto do VLS Beta.

Entretanto como sabemos, no inicio do ano o Governo DILMA ROUSSEFF enviou pelo terceiro ano consecutivo ao Congresso um ridículo e desastroso orçamento para Agência Espacial Brasileira (AEB), de menos de R$ 190 milhões para todo o setor espacial, o que infelizmente deve ter levado ao Brig. Kasemodel diminuir bastante as suas expectativas.

Um grande exemplo disso é a diminuição das operações de lançamento de foguetes de treinamento, já que até esse mês de abril só havia sido realizada (em março passado) apenas uma operação de lançamento do CLBI (Operação Barreira IX), enquanto no mesmo período do ano passado duas operações haviam sido realizadas.

Creio que outro indício importante sobre as consequências causadas pela atitude de descaso da PresidentA e sua trupe de energúmenos para com o nosso PEB, foi a reunião realizada na segunda quinzena de março em Alcântara do Grupo Interfaces de Lançamento (GIL)” para discutir o andamento de projetos, suas questões técnicas e financeiras e propor a agenda de lançamentos para 2013 e para os próximos anos.

Ora, se a agenda de lançamentos para 2013 foi um dos temas discutidos na reunião, subentende-se que algo não saiu como se esperava, já que essa agenda deveria estar pronta pelo menos até o final de 2012 e não sendo discutida em março de 2013.

A verdade leitor é que a agenda do GIL vem sendo modificada anualmente desde que a PresidentA DILMA ROUSEFF e sua trupe de energúmenos assumiram o poder em  01/01/2011, prejudicando mortalmente as atividades de nosso Programa Espacial, apesar (temos de reconhecer) da luta da AEB e do Ministro Raupp em buscar alternativas orçamentárias (o envolvimento de outros ministérios em projetos do programa e visitas constantes ao Congresso buscando apoio dos parlamentares) mas que efetivamente não dizem diretamente respeito a área de foguetes.

Vale lembrar que ao final do governo do ex-presidente, o humorista LULA, o cronograma de lançamento do VLS-1 do Instituto de Aeronáutica e Espaço (IAE), perfeitamente dentro das possibilidades logísticas e tecnológicas do instituto, previa:

* A Realização nos primeiros meses de 2012 da “Operação Salinas” que prepararia o VLS-1 para o lançamento do seu primeiro voo tecnológico no final do ano.

* O Lançamento no final de 2012 da missão tecnológica VLS-1 SISNAV

* O lançamento em algum momento de 2013, provavelmente no segundo semestre, da segunda missão tecnológica, a VLS-1 XVT-02.

* E finalmente o lançamento em 2014, provavelmente também no segundo semestre, da Missão VLS-1 V04, quarto voo de qualificação do foguete que certamente seria feito com um satélite a bordo.

Entretanto, desde que o Governo DILMA ROUSSEFF assumiu o poder o PEB vem sendo sistematicamente boicotado por essa presidente e seus energúmenos do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG), prejudicando com isso o futuro de nosso país, enquanto,   aproveitando-se da inocência, desinformação  e desinteresse do Povo Brasileiro, derrama bilhões de reais em projetos populistas que só fazem atrasar ainda mais o nosso desenvolvimento, mas que por outro lado ajudam sua trupe na luta pelo poder.

Como resultado dessa atitude, a tal “Operação Salinas” foi realizada em julho de 2012, mas teve de ser desmembrada em duas operações, sendo que a segunda operação (Operação Santa Bárbara) deve ser realizada no segundo semestre desse ano. Já a "Operação VLS-1 SISNAV" ficou para o primeiro semestre de 2014 (mesmo estando prevista no novo PNAE para 2013) e as "Operações VLS-1 XVT-02 e VLS-1 VO4", que estavam previstas no novo PNAE para 2014 e 2015 respectivamente, passam agora em minha opinião para o campo da ficção científica, pois está claro que enquanto essa presidente estiver no poder, o PEB não irá avançar.

É preciso deixar bem claro para sociedade brasileira que 'não existe mais nenhum empecilho tecnológico' que impeça o Brasil e o IAE de cumprir esse cronograma de lançamentos desde o final do governo LULA e se isso não aconteceu é por total e irrestrita responsabilidade dessa PresidentA e de sua trupe de energúmenos.

Também é preciso salientar para sociedade brasileira a extrema importância do cumprimento pelo IAE desse cronograma de lançamentos do VLS-1, pois dele depende os projetos de veículos lançadores que o Brasil necessitará para atender grande parte dos projetos de satélites em curso e previstos pelo novo PNAE. Refiro-me aos veículos VLS Alfa e VLS Beta, este ultimo citado no ano passado na entrevista com o Brig. Kasemodel como sendo a realização do seu Anteprojeto uma das expectativas do brigadeiro para 2013.

Diante desse quadro leitor, das expectativas do Brig. Kasemodel citadas nesse artigo, à única que está oficialmente confirmada é a realização da “Operação VS-40M/SARA Suborbital", que deve ser realizada (creio eu) no segundo semestre desse ano. Além é claro, da tal “Operação Santa Bárbara”, que deverá deixar finalmente o VLS-1 pronto para o lançamento do seu primeiro voo tecnológico em 2014, ou seja, o VLS-1 VSISNAV, isto é, se não houver mais atrasos.

Duda Falcão

OBS: Peço desculpas aos meus leitores pela agressividade de minhas palavras nesse artigo, mas o mesmo foi escrito hoje pela manhã a título de desabafo devido a inaceitável situação vivida pelo PEB desde que essa presidentA e sua trupe assumiram o poder prejudicando mortalmente um cronograma de lançamentos que levaria o Brasil em 2014 ao domínio completo de acesso ao espaço. E o que mais me revolta é a passividade do Comandante da Aeronáutica, Juniti Saito, não só com relação ao PEB, mas também com relação a projeto FX2, que devido a sua importância estratégica para o Páis já deveria ter sido resolvido. Mas como o comandante só diz amém, e o Ministro da Defesa é um Banana, a PresidentA e sua trupe vão cozinhando o assunto enquanto pode. Um vergonha que precisa ter um fim.

7 comentários:

  1. As vezes me faltam adjetivos.

    Descalabro, desrespeito, isso é um verdadeiro crime de lesa pátria, e pior, cometido pelos que estão no poder.

    Enquanto se vê tanta restrição no nosso já combalido PEB, fiquei sabendo ontem que o recém reinaugurado Mineirão, já vai entrar em reforma...

    O motivo? "descobriram", depois de pronto, que fizeram varias cabines de imprensa na diagonal do campo, e não ao longo de uma das linhas laterais, só isso. Algo que é inconcebível nos dias de hoje até em campinhos menores no interior, imaginem num estádio nos "padrões" FIFA.

    O que mais dizer?

    Só podemos mesmo entender que é um boicote orquestrado, algo proposital e injustificável. E torno a dizer. O que mais me irrita, é ver que quem está sofrendo tudo isso mais diretamente, não toma nenhuma medida mais enérgica. Parece que esperam uma mudança de atitude milagrosa, coisa que não vai acontecer.

    Lamentável, tudo muito triste.

    ResponderExcluir
  2. O brasil só vai dominar por completo o acesso ao espaço quando os grandes empresários resolverem investir no PEB, porque se for esperar para o governo, isso não vai acontecer

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Concordamos até no nome.

      Não é só desse governo o problema. O buraco administrativo / legislativo que o estado brasileiro se meteu, é tipo um poço sem fundo.

      Ou se dá um jeito de mudar tudo, desde a constituição, o que convenhamos é bem difícil, ou se parte pra outra.

      Eu acho que já passou da hora de "partir para outra". Qualquer iniciativa que dependa, ou sequer esteja ligada ao "estado", eu desconfio e duvido. O que me mantém animado são essas iniciativas independentes e privadas, que assim devem continuar.

      Esse é o meu ponto de vista.

      Excluir
  3. " UM MOMENTO MUITO INGRATO E SEM SAÍDAS ATÉ O MOMENTO!"

    Eu queria saber porque á cúpula dos (MARAJAS DONOS DA RAZÃO E DA SABEDORIA), agem com tamanha cumplicidade coletiva em frear o Brasil , no que diz respeito ao progresso do PEB. Existe certa disposição de alguns elementos dispostos a investir nessa empreitada. Todos nós, fieis escudeiros do bolg e do programa, acredita em uma solução pacífica e democrática, evitando o uso de tais manifestações em frente ao palácio dos MARAJAS em BR.
    Sempre digo que, quando um governo faz uma boa administração, não há jornal ,
    TV , site ou rádio que o derrube. O que tem ocorrido no país, é que há problemas sérios científicos, que tem que serem investidos ONTÉM, e os órgãos de imprensa e do nosso BLOG os apontam com tamanho VETOR DA VERDADE.
    Em vez de se preocuparem com a ORDEM E PROGRESSO da nossa nação, os debiloides do atraso, escolhem um caminho de fácil aquisição financeira para se pró-pio, TODOS OS BRASILEIROS, SÃO TESTEMUNHAS DE TAIS ABERRAÇÕES , contra nosso patrimônio, que seria usado para o sucesso do PEB.
    O governo não quer admitir suas falhas, e arranjam MIL DESCULPAS! e maior das hipótese , NÃO TOLERAM QUE NÓS AS MOSTREM e expõem a sociedade.
    Creio que cada vez que a imprensa e o Blog diz algo, os debiloides não gostam, eles se ofendem.
    Estamos em um momento muito ingrato, pelo qual estamos presenciando o desenvolvimento científico de outras nações, e nós NADA! SIMPLESMENTE NADA!
    A juventude brasileira precisa ter mais vivência política. Talvez num futuro não muito próximo, mude essa condição de BURACO NEGRO, na qual o BRASIL se encontra, mas essa falta de experiência não justifica a ausência de SABEDORIA, e um compromisso racional com a situação plantada com essa erva MALIGNA do passado, que se chama POLÍTICO CORRUPTO!
    Não é possível que eles se detenham a tal situação, quem sabe um debate cara a cara com quem quer fazer o país andar, em vez de adotar a postura de "VAMOS NOS CONFORMAR COM O QUE AÍ ESTÁ", e tudo termina em pizza."

    ResponderExcluir
  4. Isso é um país não uma nação. se dobra não tem postura não tem projeto de desenvolvimento não tem orgulho próprio um país do tamanho de um elefante com um cérebro de formiga até quando vamos continuar assistindo essa vergonha,que submetem nosso povo brasileiro precisamos de bravos brasileiros que não se curvem a essa a humiliação que esse pais nos submetem .

    ResponderExcluir