quinta-feira, 21 de fevereiro de 2013

Dennis Tito to Announce 2018 Mission to Mars

Hello reader!

It follows a note published on the day (02/21) in the website “Parabolic Arc” noting that the former space tourist Dennis Tito will announce next Wednesday in Washington-DC a Manned Mission to the planet Mars in 2018.

Duda Falcão

News

Dennis Tito to Announce 2018 Mission to Mars

By Douglas Messier
February 21, 2013, at 11:18 am

In January 2018, a SpaceX Falcon Heavy rocket will roar off a launch pad carrying the most ambitious human space mission since Apollo 11 nearly 50 years earlier. Two crew members in a heavily modified Dragon spacecraft would break Earth orbit on a 501-day round-trip fly-by of Mars.

This privately-led mission will be unveiled next Wednesday at the National Press Club in Washington, D.C., by the Inspiration Mars Foundation, a non-profit group chaired by former NASA engineer and space tourist Dennis Tito.

“This ‘Mission for America’ will generate new knowledge, experience and momentum for the next great era of space exploration,” the group said in a media advisory. “It is intended to encourage all Americans to believe again, in doing the hard things that make our nation great, while inspiring youth through Science, Technology, Engineering and Mathematics (STEM) education and motivation.”

Other participants in the press conference include:

* Miles O’Brien, moderator

* Taber MacCallum, chief executive officer and chief technology officer of Paragon Space Development Corporation and crew member for two-year mission in Biosphere 2

* Dr. Jonathan Clark, associate professor of Neurology and Space Medicine at Baylor College of Medicine and space medicine advisor for the National Space Biomedical Research Institute

* Jane Poynter, president and chairwoman of Paragon Space Development Corporation and crew member for two-year mission in Biosphere 2.

The media advisory doesn’t mentions any details of the proposed mission. However, Jeff Foust over at NewSpace Journal reports that Tito will present a paper titled, “Feasibility Analysis for a Manned Mars Free Return Mission in 2018,” on March 3 at the Institute of Electrical and Electronics Engineers (IEEE) Aerospace Conference in Big Sky, Montana.

Foust reports the describes a two-person mission to the Red Planet using a modified SpaceX Dragon without a landing on the planet. Conditions aboard the spacecraft are described as being Spartan.

Tito’s co-authors include MacCallum, Clark, John Carrico, Grant Anderson, Michel Loucks, and Thomas Squire. Anderson is a co-founder of Paragon Space Development Corporation, which specializes in environmental control and life support systems.


Source: Website Parabolic Arc - http://www.parabolicarc.com/

Comentário: Apesar de elogiar o espírito do Sr. Dennis Tito por concordar que o caminho dos verdadeiros exploradores é justamente esse, sendo o exemplo da chegada a Lua no final dos anos 60 uma grande prova disso, acho que o Sr. Dennis Tito e seu grupo da Fundação Marte perderam completamente o juízo. Não há como enviar daqui a 5 anos uma missão tripulada a Marte com segurança, e mesmo que isso seja feito, estarão condenando a morte os infelizes que subirem nessa nave. É uma missão suicida sem qualquer possibilidade de êxito e um completo desatino, mas que se levada a sério poderá acelerar o desenvolvimento necessário para a realização (por volta de 2023) de um viagem tripulada com chance de êxito. Sinceramente espero que a Fundação Marte esteja lançando essa ideia para resgatar o espírito americano empreendedor e aventureiro que existia na NASA na época da Apollo e que foi perdido nos últimos 20 anos. Vamos acompanhar o desenrolar dessa  história.

5 comentários:

  1. o problema maior é a radiação... teria risco de desenvolver cançer

    ResponderExcluir
  2. Parece estar havendo agora um género de corrida à Marte, onde alguns grupos estão tentando ver quem consegue chegar lá primeiro. É notório que estão a por em causa questões de segurança, e é dificil imaginar como conseguirão ultrapassar questões como radiação e gravidade. O astronauta Marcos Pontes falou uma coisa parecida, dizendo que também se arriscaria ir para Marte numa viagem sem volta.

    Particularmente acredito que deveriam haver leis que obrigassem requesitos de segurança minimos, não só na viagem, mas também na permanencia (e o fato é que não existe nem lei nem segurança). É uma missão suicida, como falado no comentário do Duda. Não creio que ficaria bem para os anais da história a primeira missão acabar em tragédia e creio que deveria ser impedido para o bem de todos.

    ResponderExcluir
  3. Suicídio!. Certamente disseram o mesmo a Colombo quando ele se lançou ao mar em busca do novo mundo, os desafios da época guardadas as proporções eram maiores que as de hoje, pois se lançaram ao mar sem saber o que o destino lhes reservava. muitos morreram para abrir as Américas para as gerações vindouras, esse é o preço que a natureza cobra ao homem por desafiar suas leis. Será que a humanidade não é mais capaz de gerar homens como Colombo, Cabral ou Américo Vespúcio?. se perdemos a capacidade de ousar ai eu não vejo esperança para Humanidade!.

    ResponderExcluir
  4. Tenham certeza que a missão será muito bem projetada, ninguém será negligente quanto ao problema da radiação, e para isso já temos soluções viáveis. Quanto a gravidade também já temos a solução.
    O desafio e o pioneirismo são fundamentais temos que ir em frente, é o espirito humano..........aqueles que tem medo que fiquem em casa.

    ResponderExcluir
  5. Primeiro que quem decidir ir para marte será por livre vontade, sabendo dos riscos, e isso deve ser respeitado... segundo não considero suicídio, a NASA podia ter dado sequência ao seu projeto de mandar homens na nave apollo até vênus em uma viagem de 1 ano.. podíamos ter visitado outro planeta já em 1974 ... seria um flyby mas seria um planeta.. falar em suicídio em uma viagem a marte em 2018.. ? acho q não...

    "A manned Venus flyby was considered by NASA in the mid 1960s as part of the Apollo Applications Program, using hardware derived from the Apollo program."

    http://en.wikipedia.org/wiki/Manned_Venus_Flyby

    ResponderExcluir